sábado, 10 de novembro de 2012

Bolhas de sabão

Oi minha pequena adorável,


Hoje a noite nós duas estávamos no seu quarto brincando e rindo como duas crianças. É tão maravilhoso presenciar cada conquista sua, mesmo que seja tão pequena. As portas do seu guarda-roupas estavam todas abertas e a cada hora vc escolhia um novo brinquedo. Tocou algumas músicas no seu pianinho, cantou com a mamãe, fez carinho na boneca, colocou e tirou uma centena de vezes todos os seus chapéus que vc nunca usou pq não deixa nada na cabeça... heheh.
 
Até que vc encontrou um pequeno frasco com água e sabão. É claro que na mesma hora vc começou a dizer sem parar "a bow, a bow..." (tradução: a bola, a bola...). Eh, vc é apaixonada por bolas e nós sempre brincamos com esse brinquedinho de fazer bolas de sabão. Vc fica encantada com as bolas voando em cima da sua cabeça, quer pegar todas na mão, mas elas estouram assim que vc encosta seu pequeno dedinho.
 
Vc sempre me pede pra pegar o frasco mas é claro que eu não queria ver seu quarto inundado de água e sabão as 21h, então não deixei. Mas eu percebi que vc queria me imitar, sobrando as bolas. Foi quando eu coloquei o bastão bem pertinho da sua boca e pedi pra vc sobrar. Fiquei soprando pra vc ver como era. Vc fez algumas tentativas, mas parece que estava sugando o ar e não soprando. Ri da sua carinha sapeca tentando me imitar e soprei mais algumas vezes. Até que vc simplesmente soprou e fez uma linda e pequena bola de sabão.
 
Sua primeira bola de sabão!!!! Ela era tão pequenina e leve que ficou voando e subindo cada vez mais. Eu fiquei olhando aquela bola e a vontade que eu tive foi de pegá-la e guardá-la dentro de um porta jóias. Alí dentro daquela pequena bolha estava o fôlego da pessoa mais importante da minha vida. De repente ela estourou com a mesma leveza que pairava sobre as nossas cabeças.
 
Então eu fiquei pensando que a vida da gente é repleta de bolhas de sabão. Cada instante que vivemos está guardado numa fina camada de tempo e logo logo ela vai estourar, deixando apenas as lembranças registradas no peito.
 
Minha querida filha, aproveite cada fase de sua vida. Seja uma criança feliz. Descubra o mundo com sua doce inocência. Faça muitas amigos e algumas melhores amigas. Se cair, levante. Se chorar, respire. Se doer, aprenda. Se quiser, cante, mesmo que desafine, vc pode desafinar em algumas notas, a vida não é perfeita, o importante é sempre cantar. Cresça, mas seja sempre minha pequenina, Dance, remexa-se, requebre-se mas saia do outro lado, não fique parada diante da vida, ela passa e logo logo a bolha estoura.
 
Cada instante deve ser vivido como se não houvesse amanhã, então o que tiver que fazer, faça bem feito. Enfie a cara no trabalho mesmo, tenha coragem de arriscar, acertar e errar. Faça algo de valor, se dê valor e aprenda que tudo na vida passa. Então, escolha quais são as bolhas da vida que vc vai guardar no porta jóias do seu coração. Eu já escolhi a minha: você!
 
Bjs
 
Te amo
 
Mamãe....

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

5º BookCrossing Blogueiro

Oi filhota querida,


Você já conhece o movimento do BookCrossing Blogueiro, nós participamos juntas da primeira edição e desde então a minha vida está tão corrida que não consegui acompanhar o ritmo do movimento na blogosfera. Agora recebi um recadinho super delicado da Luma e não dava pra deixar passar de novo.

Pra quem não conhece o BookCrossing Blogueiro vale a pena dar uma passadinha no blog da Luma http://luzdeluma.blogspot.com.br/2012/10/vem-ai-5-edicao-do-bookcrossing.html

Bom, como disse na primeira edição, sou super mega apegada aos meus livros. Mas acho que vale muito a pena "esquecer" um livro pelo caminho, a fim de ajudar alguém com tudo que aprendi na leitura do livro escolhido.

Ainda não sei qual será o livro liberado, vou escolher com carinho hoje a noite e já preparar um recadinho especial pra quem encontrá-lo. Depois escrevo aqui como foi a experiência...

Reencontro

Oi minha princesa querida,
 
Meu coração está cheio de encontros, desencontros e reencontros. Meus Deus como tem sido uma experiência tão diferente voltar a morar aqui em Anápolis. As vezes parece que nunca saí, as vezes parece que nunca voltei, hehehe Tenho saudades dos amigos de Brasília, mas tb tenho reencontrado tanta gente que fez parte da minha história aqui. Isso aconteceu a poucos dias. Encontrei um grande e velha amiga, o nome dela é Ana Paula, nós estudamos juntas desde a 7ª série, vc acredita? Eramos meninas quando estudamos juntas no SESI do Jundiaí, aqui em Anápolis. Ficamos amigas mesmo quando fomos estudar no Colégio São Francisco de Assis, os 3 anos do ensino médio. Erámos uma turminha tão gostosa: Eu, a Ana, a Thais, a Grazi, o Hebert. Aprontamos muitas coisas juntos. São amigos que vou guardar pra sempre no meu coração. Depois disso a Ana foi trabalhar comigo em uma empresinha de manutenção de computadores que eu abri aqui. Ela foi tão especial na minha vida. Ficamos tão amigas, ela sem dúvida está no rol das minhas poucas e melhores amigas. No tempo que nós trabalhamos juntas, a vida não era muito fácil, o dinheiro era muito apertado e pra sobreviver tínhamos que rebolar muito. Foram muitas histórias vividas e compartilhadas. Senti tanto a falta dela quando eu fui pra Brasília. Ela era minha única amiga e eu estava acostumada a contar tudo que acontecia comigo pra ela. Quando eu mudei, já não tinha mais ninguém pra conversar. O primeiro ano foi muito dicífil pra mim, principalmente pq não tinha amigas em Brasília e eu estava vivendo tantas mudanças, estava com tantas dúvidas, com tantos "e agora?". Mas 10 anos se passaram, nós nos encontrávamos no orkut, depois no face, sempre pela net.
 
Então foi só a poeira abaixar da mudança que eu logo entrei em contato com ela e fui lá visitá-la. Filha, quando vc tem amigos verdadeiros vcs poderão ficar sem se ver muitos anos, mas sempre serão amigos. Foi assim conosco. Quando eu a vi, parecia que tinhamos nos visto ontem. A mesma afinidade, a mesma cumplicidade de 10 anos atrás. Esses são os amigos que a gente precisa guardar pra sempre!!! Então, ficamos horas conversando e colocando todos os assuntos possíveis em dia. Foi uma noite muito agradável, mas logo vc ficou com fome e tivemos que vir embora. Ainda temos muito o que conversar, mas não vai faltar oportunidade, sei que não....
 
Bom, mas o motivo de eu estar escrevendo esse post, é que eu estou muito agradecida ao Senhor por tudo que tem acontecido na vida da Ana Paula. Ela sempre foi uma pessoa muito devota a Deus e muito católica. Antes de mudar para Brasília eu não estava assim muito firme na igreja e confesso que não me lembro de falar de Deus e das coisas de Deus pra ela. Sinto um pesar muito grande por isso, pq convivemos tantos anos juntas e eu não fui o instrumento usado por Deus para falar ao coração dela. Só que quando Deus tem um plano na vida de alguém ele revoluciona o mundo mas realiza a sua vontade. A Ana me disse que Deus tinha revelado algumas coisas pra ela na bíblia ha alguns anos e hoje em dia é que ela está entendendo aquilo que Deus estava trabalhando no seu coração. Eu fiquei tão orgulhosa da minha amiga, ela foi capaz de ouvir Deus no seu quarto, no meio de sua dor, sozinha, sem ninguém pra interpretar ou mesmo dar o recado de Deus. Tantas coisas ela sofreu pra chegar a essa conclusão, mas mesmo sofrida eu vi uma grande guerreira ne minha frente. Forte, valente, decidida! Minha amiga de adolescencia, agora é uma mulher valente e serva do Deus altíssimo. Estou muito feliz pela intimidade com Deus que ela tem alcançado. O coração dela se converteu ao amor e soberania de Deus. Hoje há uma festa no céu por minha amiga querida! Obrigada Senhor por amar, cuidar e resgatar a Ana, mesmo que eu não tenha sido o instrumento. Obrigada por todas as pessoas que o Senhor colocou na vida dela. Peço que continue cuidando dos seus passos porque sei que ela ainda está apenas no início dessa longa caminhada.

 
 
Com Carinho.....